Imitao

"Diz-se imitao a reproduo que faz uma parte [voz] de um desenho meldico proposto por outra" (QUEIROZ). muito importante diferenciar a imitao da sequncia. A sequncia ocorre quando uma ideia meldica repetida na mesma voz, enquanto que a imitao sugere a repetio (literal ou variada) da mesma ideia meldica em outra voz (ou instrumento). Existe uma explicao bem simples e interessante sobre isso no incio do "Captulo 7 - Progresso Harmnica" do livro Harmonia Tonal de Kostka e Payne.


Arquivos comentados

QUEIROZ, Flvio. Contraponto com imitao: da imitao em geral. No publicado.

Uma apostila didtica sobre imitao, que o prof. Flvio Queiroz utiliza (ou ao menos utilizava) em suas aulas na UFBa. Excelente texto para quem quer entender um pouco mais sobre as formas imitativas, tais como a fuga. Muitos conceitos bem explicados e exemplos diversos (principalmente do Cravo bem temperado e da Arte da Fuga de J. S. Bach).

KOELLREUTER, Hans Joachim. Contraponto modal do Sculo XVI (Palestrina). Braslia: Musimed, 1996.

Ver o captulo 4 sobre imitao.

 

Mantido e atualizado por hugoleo75@gmail.com no servidor Hospedagem Gratuita